Caminhoneiro que se envolveu em atropelamento com morte na PRC 467 é localizado

Durante interrogatório, homem confirma não ser habilitado para condução de caminhões

21 de janeiro de 2021 | 18h45 | Atualizado há 43 dias

PUBLICIDADE
O caminhoneiro que se envolveu no atropelamento que resultou na morte de Valdineize Rodrigues de Oliveira, de 43 anos, na PRC 467, no início da noite de domingo (17), em Cascavel, foi localizado pela Polícia Civil.

Após investigação, o caminhão foi localizado no pátio de uma casa noturna de Iporã, região noroeste do Paraná.

Então as equipes iniciaram as buscas pelo homem, que acabou se apresentando para a autoridade policial juntamente com advogado de defesa.

Na tarde desta quinta-feira (21), ele foi ouvido pelo doutor Fernando Zamoner, Delegado Adjunto da 15ᵃ SDP, de Cascavel, por meio de videoconferência.

Durante o interrogatório, ele confirmou não ter habilitação para a condução de caminhões.

Ele ainda relatou para as equipes que fugiu do local do acidente sem prestar socorro a vítima, pois não teria visto que Valdineize teria sido atropelada.

Zamoner orienta ainda que em casos como esse, permanecer no local do acidente e prestar socorros, evita que outros crimes sejam agregados.

O homem não ficou preso, pelo fato de ter passado o flagrante. Ele permanece à disposição da Justiça.

SOBRE O ACIDENTE:

Valdineize Rodrigues de Oliveira, de 43 anos, morreu na madrugada de segunda-feira (18), após ser atropelada, na PRC 467, no início da noite deste domingo (17), em Cascavel.

Batida aconteceu no acesso da PRC 467, nas proximidades do Viaduto da Rua Domiciano Theobaldo Bresolin.

A mulher foi atropelada, após um caminhão bater na traseira de um veículo Ônix. O motorista do carro não conseguiu parar e atropelou a mulher que estava nas margens da via pegando um objeto caído no chão.

O condutor do caminhão fugiu do local do acidente sem prestar socorro a vítima.

Socorristas e o médico do Siate foram acionados para atender a mulher que teve diversas fraturas pelo corpo. Ela foi encaminhada ao Hospital Universitário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Redação Catve.com
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

NOTÍCIAS RELACIONADAS


VEJA TAMBÉM