"Me sinto reconhecida", diz primeira auxiliar de limpeza vacinada do HU

Foi na hora extra do plantão da Arminda Maria da Costa que ela recebeu a notícia que ganharia um "presente"

22 de janeiro de 2021 | 16h03 | Atualizado há 42 dias

Foto: Assessoria
PUBLICIDADE
Foi na hora extra do plantão da Arminda Maria da Costa que ela recebeu a notícia que ganharia um "presente" mais do que especial nessas horas que trabalhou a mais. Logo cedo, enfrentou a fila e foi a primeira auxiliar de limpeza do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Huop) a ser imunizada contra a Covid-19.


Arminda atua na limpeza da triagem da Covid-19, por onde passam todos os pacientes com suspeita da doença antes do internamento. São 7 meses de uma rotina diferenciada, com paramentação e muita cautela, para evitar a contaminação também de outros profissionais que passam pelo local. "Recebemos a notícia que a vacina já havia chegado e que podíamos ir para a fila durante a hora extra. Me sinto reconhecida pelo trabalho. Corremos os mesmos riscos dos médicos e enfermeiros que atendem esses pacientes", enfatiza.

Quem recebeu a vacina logo na sequência também foi a Marcia Leonardo de Lima, uma das responsáveis pela limpeza da UTI Covid-19, e que nesse dia, também auxiliava na hora extra. Marcia atua há dois anos no Huop, e há um mês foi transferida para o setor. "Corremos riscos também como quem atende os pacientes, temos medo de pegar o vírus, e poder receber a vacina agora é uma oportunidade. Espero que possamos trabalhar com uma sensação de estarmos mais protegidos, com menos medo agora", ressalta.

Arminda e Marcia não se contaminaram com a Covid-19 em todos esses meses no hospital. Mesmo recebendo a vacina comentam a sensação de esperança, mas que o cuidado não vai sair da rotina. "Temos a esperança de tudo isso acabar, de não ter mais medo, mas o cuidado por aqui continua para não nos contaminarmos", diz Arminda. "A esperança é de que isso logo acabe e fique só na história. Mas mesmo felizes que já recebemos a vacina o cuidado continua", complementa Marcia.

Quem também comemorou em receber a vacina foi Claudio Aparecido Lisboa, que atua há 8 meses na portaria da UTI Covid-19. "Estou muito feliz", comenta.

A vacinação começou ontem (21) no Huop, nesse primeiro momento, através do quantitativo das doses disponibilizadas pelo Estado, 740 profissionais de saúde do hospital serão imunizados. A primeira servidora que recebeu a vacina no hospital foi a técnica de Enfermagem, Margarida Pereira Santos Souza.
Assessoria
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal CATVE.com pelo WhatsApp (45) 99982-0352 ou entre em contato pelo (45) 3301-2642

VEJA TAMBÉM